Contador de Visitas
Segunda-feira, 11 de Maio de 2015
Momento de Poesia

 

 

 

 

   Solidariedade

 

Irmão.

Se caíste e a tua queda te levou a comer o pó,

Se procuras-te com teus olhos outros olhos

E ficas-te, como sempre, vazio e só;

Se naufragas-te lutando sem outra intenção,

Senão a de salvares os que vegetam na podridão,

Murmura comigo uma oração

E não chores, nem te envergonhes

Porque não serão as grades de uma cela

A desfazer a nossa fraterna união.

Embora fracassado, vencido, desiludido.

Luta, luta sempre até seres vencedor!

Eu e tu de mãos dadas com amor

Iremos sempre mais além,

Até as forças nos obedecerem.

À nossa volta, muitos rirão,

Mas que importa

Quando os nossos corpos de humano nada tiveram.

Talvez os tais que apregoavam de porta em porta

A nossa loucura...

Talvez então nos dêm razão.

publicado por Alegria às 22:12
link do post | comentar | favorito
|
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Maio 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.posts recentes

. Album de Sabedoria

. Album de Sabedoria

. Provéfbios e adivinhas

. Provéfbios e adivinhas

. Proverbios e Adivinhas

. Provérbios e Adivinhas

. Album de Sabedoria

. Album da Sabedoria

. Album da sabedoria

. Album de Sabedoria

.arquivos

. Maio 2017

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

.favoritos

. Momento de Poesia

.links
contador de visitas gratis
Contador de Visitas
blogs SAPO
.subscrever feeds